Como iniciar o treino e ganhar fôlego para correr

Como iniciar o treino e ganhar fôlego para correr

11653
0
COMPARTILHE

A corrida está na moda. Este exercício super completo é ótimo para manter o corpo em forma e bem tonificado, mas também, para ajudar a controlar o peso e a perder aqueles quilos que estão a mais. Mas para que o treino de corrida seja o mais eficaz possível é essencial saber como realizar corretamente este exercícios. Ter uma pisada, respiração e postura corretas é fundamental para começar o treino da melhor maneira e correr sem perder o fôlego. Mas há outros pontos importantes. Saiba mais já de seguida.correr-folego

Antes do treino – aquecimento

O aquecimento é essencial para que o corpo esteja preparado para o exercício que vai realizar. O aquecimento irá ajudar a ativar os músculos, mas também, a estimular a lubrificação das articulações. Dessa forma previne-se o aparecimento de lesões. Devem-se aquecer não só as pernas e os tornozelos, mas também os membros superiores, já que eles estarão em movimento.

Durante o treino – pisada, respiração e postura

É importante saber correr corretamente, não só para tornar mais eficiente o seu esforço, mas também, para prevenir o aparecimento de lesões. Assim, quanto à pisada, deve-se respeitar o princípio de biomecânica básica do rolamento do pé. Neste princípio, o calcanhar entra em contacto com o solo, e de seguida o resto do pé até à ponta dos dedos, terminando com o calcanhar a levantar, sendo a ponta do pé a última parte a erguer-se do solo. Evite pisadas muito curtas ou realizadas com a ponta do pé.

Quanto à postura, a corpo deve manter a coluna direita durante a corrida, com a sua visão focada no horizonte, evitando correr com o corpo inclinado e a olhar para o chão. Já no que diz respeito à respiração, há algumas dicas essenciais para não ficar sem fôlego na corrida. Assim, este exercício pede um ciclo respiratório natural. Não se deve privar de respirar, nem que seja durante apenas alguns momentos. É muito comum um atleta pouco experiente entrar em apneia, perdendo assim alguma capacidade de oxigenar o sangue, o que se traduzirá em cansaço e maior dificuldade no exercício. Por esta razão é que também surge a chamada “dor de burro”.

Os iniciados na corrida podem no começo sentir alguma dificuldade em conseguir respirar normalmente. Por essa razão devem começar por fazer treinos com corrida e caminhada intercaladas, por exemplo, um minuto corrida, um minuto caminhada. Aos poucos podem começar a correr mais que caminham, terminando com treinos totalmente de corrida.

Após o treino – alongamentos

Os alongamentos são muito importantes para reduzir a tensão muscular provocada pela atividade física, mas também, para evitar problemas como tendinite, encurtamento ou rigidez muscular, LER (lesão causada por esforço repetitivo), etc.

Além destes cuidados a ter antes, durante e após o treino, é fundamental referir mais alguns pontos que têm uma grande influência na eficácia da corrida: a alimentação e a hidratação. Qualquer pessoa deve ter uma alimentação equilibrada e nutritiva, e muito mais quem realiza atividade física frequente. Adote por isso hábitos saudáveis de alimentação e hidratação.

COMPARTILHE

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA