Conheça a dieta das cores

0
2417

Uma das regras básicas de uma boa alimentação é fazer sempre um prato colorido. Como a maioria dos alimentos coloridos são frutos e vegetais, dessa forma garante-se uma alimentação variada e saudável. Esta simples, mas importante regra, é base para uma das dietas mais em voga nos últimos tempos, que promete ajudar a perder até 5 kg por semana, sem colocar em causa a sua saúde. Saiba mais sobre como funciona a dieta das cores.

Como funciona a dieta das cores

No mundo dos alimentos, cada cor corresponde a substâncias e nutrientes diferentes. Dessa forma, ao fazer um prato cheio de cor, consegue-se ingerir um conjunto variado de alimentos, que nutre e dá saúde ao organismo. Baseado neste pressuposto, surgiu a dieta das cores. Nesta dieta é essencial ingerir todos os dias um alimento de cada cor, no mínimo. É assim uma dieta não restritiva, já que não proíbe qualquer grupo de alimentos.

No entanto, é importante perceber que, ao ingerir alimentos de várias cores, o seu prato ficará coberto na maioria por frutos e vegetais. Como estes alimentos são ricos em águas, fibras, vitaminas e minerais, conseguirá ingerir todos os nutrientes essenciais, sem no entanto ter uma alimentação exageradamente calórica. Além disso, estes alimentos ajudam também a saciar a fome, o que será um forte aliado na perda de peso.

Mas a dieta das cores não traz apenas benefícios no emagrecimento. Ao ingerir diariamente alimentos como legumes, frutas e hortaliças, estará a fornecer ao seu organismo substâncias reguladoras e protetoras, que terão um papel fundamental na redução do risco de desenvolvimento de doenças como a diabetes, doenças cardiovasculares, cancros e outras doenças.

Dieta-das-Cores

Dieta das cores

Na dieta das cores, os alimentos estão divididos em seus grupos, correspondendo cada grupo a uma cor. Assim, ao fazer o seu prato, ou a definir a sua dieta diária, basta incluir uma ou mais porções de cada cor. Conheça de seguida os alimentos de cada grupo alimentar na dieta das cores.

– Alimentos brancos
Os alimentos brancos são importantes para a manutenção da saúde dos ossos, já que são ricos em fósforo e cálcio. Como exemplos de alimentos brancos temos a banana, cebola, batata, alho, nabo, rabanete, pera e maçã.

– Alimentos vermelhos
Os alimentos de cor vermelha são ricos em antioxidantes naturais, como a vitamina C. Neste grupo entram alimentos como melancia, morango, cereja, framboesa, tomate, beterraba e pimento vermelho, pitanga ou a romã.

– Alimentos laranjas e amarelos
Os alimentos de cor laranja ou amarela são ótimos para a manutenção da saúde do sistema imunitário e da visão, devido à sua riqueza em vitamina A. Neste grupo entram alimentos como abóbora, melão, milho, abacaxi, manga, mamão, pimento amarelo, ameixa, laranja, tangerina e cenoura.

– Alimentos roxos
Os alimentos de cor roxa são importantes na transformação da massa gorda para energia, devido à vitamina B1 que contêm. Neste grupo entram alimentos como a amora, figo, uva, beringela e couve-roxa.

– Alimentos castanhos
Estes alimentos são importantes para regularizar o trânsito intestinal. Como exemplos temos as sementes e cereais.

– Alimentos verdes
Estes alimentos são ricos em cálcio, potássio, ferro, e em vitaminas C e E. Neste grupo entram alimentos como kiwi, ervilha, salsa, agrião, feijão-verde, limão, couve, espinafre, alface, repolho, pimento verde, brócolos e pepino.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here